FINALIDADE

A presente ação organiza-se como Formação Modular extra-CNQ (Catálogo Nacional de Qualificações) e realiza-se em ambiente digital, em sessões síncronas com 2 horas de duração e trabalho autónomo a desenvolver pelos/as participantes, com o apoio do formador.
A finalidade do curso consiste em habilitar os formandos a tirarem partido do seu smartphone para a captura, edição e publicação de fotografias e vídeos com qualidade profissional.

DESTINATÁRIOS

Jornalistas, técnicos de comunicação e outros produtores de conteúdos que necessitem de usar o smartphone para fotografar, filmar e partilhar imagens, no âmbito da sua publicação imediata ou diferida em diversos suportes de media.

NOTA: cada formando deve possuir um smartphone, com sistema operativo Android ou iOS, com possibilidade de instalar aplicações, algumas das quais poderam não ser gratuitas.

PROGRAMA

40 H

Capturar imagens
– Características dos sensores usados em smartphones
– Como olhar e compor imagens
– Configuração dos dispositivos
– Descarga e instalação das aplicações recomendadas
– Fotografar e filmar com smartphones – fotometria, exposição, foco e zoom
– Erros a evitar, para conseguir boas imagens
– Prática de captura de fotografias e vídeos com smartphones

Editar imagens
– Aplicações técnicas e aplicações criativas
– Descarga e instalação das aplicações recomendadas
– Prática de edição de fotografias e vídeos com smartphones

Partilhar imagens
– Redimensionar imagens
– Como anexar imagens
– Como transferir imagens

OBJETIVOS GERAIS

Pretende-se, com esta ação de formação, que os/as formandos/as adquiram as competências necessárias para proceder à captura, edição e publicação de fotografias e vídeos, usando o seu smartphone como dispositivo principal.

TAXA DE FREQUÊNCIA

80 euros.

Desconto de 50% para portadores de título profissional de jornalista e para outros profissionais dos média que apresentem declaração da entidade empregadora comprovativa da atividade atual.

Os desempregados beneficiam de isenção da taxa de frequência, para o que deverão apresentar declaração do Centro de Emprego.

METODOLOGIA

A execução do presente plano de formação preconiza uma metodologia predominantemente demonstrativa e ativa. Será utilizado o método expositivo participado, através de sessões online síncronas e da distribuição de material de apoio, e serão privilegiados o método demonstrativo e o trabalho autónomo, com apoio a distância, visando a aquisição de competências por parte dos formandos e a autonomia progressiva na generalização dos saberes a novas situações. Proceder-se-á à análise crítica dos trabalhos.

AVALIAÇÃO E QUALIFICAÇÃO

A qualificação, atestada por um diploma no final do curso, depende da assiduidade da frequência – a ação formativa implica, pela sua própria natureza, a presença dos formandos – e do nível de desempenho dos formandos ao longo do curso, num processo de avaliação contínua.

Para mais informações, contactar a secretária do curso – Fátima Gonçalves – tlf.: 218855011 • e-mail: fgoncalves@cenjor.pt