FINALIDADE

A presente ação organiza-se como Formação Modular extra-CNQ (Catálogo Nacional de Qualificações) e realiza-se em ambiente digital, em sessões síncronas com 2 horas de duração. O programa inclui um módulo de Escrita Jornalística de Televisão e outro de Edição de Imagem, visando a aquisição de competências para a construção de uma peça jornalística audiovisual, constituída por texto, imagens, sons e excertos de entrevistas (a partir de imagens previamente captadas e distribuídas pela agência Lusa). No final do processo formativo, os participantes deverão ter adquirido as técnicas da escrita jornalística de televisão e as ferramentas essenciais da edição de vídeo e som, com uma visão integrada das várias valências envolvidas na produção de conteúdos informativos audiovisuais e multimédia.

DESTINATÁRIOS

Jornalistas e outros profissionais da área da Comunicação.

PROGRAMA

Escrita Jornalística de Televisão – 18 h
Linguagem televisiva; os códigos e o léxico dos profissionais do audiovisual. Regras da escrita de textos para peças e reportagens audiovisuais: a escrita deve ser curta, clara, forte e sugestiva; a escrita está subordinada às imagens; o texto deve ser narrado com o ritmo, dicção e entoação adequados para ser ouvido e percebido.

Edição de Imagem – 22 horas
Narrativa Audiovisual: utilização dos planos para mostrar a realidade (definição de Plano e Escala de Planos); distribuição dos elementos no plano (Regra dos Terços); posicionamento da câmara (Regra dos 180 graus ou linha do olhar); continuidade da narrativa audiovisual (Raccords). Captação de imagem: gravação de imagens tendo em vista a construção da narrativa audiovisual na reportagem e os critérios jornalísticos; gravar com a edição em mente / filmar pensando na montagem. Regras e ferramentas de edição de vídeo e som; comportamento do áudio e comportamento da imagem na timeline. Pós-produção vídeo (correção de cor) e áudio. Legendagem e títulos. Exportação do vídeo nos variados formatos e codecs digitais. Aplicação, em trabalho autónomo, das técnicas e métodos de montagem de reportagens e peças audiovisuais, combinando imagens, sons e textos, na lógica da harmonização narrativa. Visionamento crítico dos trabalhos finais.

OBJETIVOS GERAIS

Pretende-se, com esta ação de formação, que os/as formandos/as apreendam as técnicas de escrita, produção e edição de narrativas jornalísticas audiovisuais.

TAXA DE FREQUÊNCIA

80 euros.

Desconto de 50% para portadores de título profissional de jornalista e para outros profissionais dos média que apresentem declaração da entidade empregadora comprovativa da atividade atual.

Os desempregados beneficiam de isenção da taxa de frequência, para o que deverão apresentar declaração do Centro de Emprego.

METODOLOGIA

A execução do presente plano de formação preconiza uma metodologia predominantemente demonstrativa e ativa. Será utilizado o método expositivo participado, através de sessões online síncronas e da distribuição de material de apoio, e serão privilegiados o método demonstrativo e o trabalho autónomo, com apoio a distância, visando a aquisição de competências por parte dos formandos e a autonomia progressiva na generalização dos saberes a novas situações. Todos os formandos deverão ser capazes de concluir uma peça audiovisual, que será objeto de visionamento crítico em grupo e de avaliação dos formadores. A organização da ação, em ambiente digital, requer que os participantes tenham equipamento informático adequado e acesso a documentação fornecida pelos formadores, designadamente: – Computador pessoal com software de edição de vídeo (será utilizado o programa Adobe Premiere); – Acesso à Internet e à plataforma Zoom para videoconferência.

AVALIAÇÃO E QUALIFICAÇÃO

A qualificação, atestada por um diploma no final do curso, depende da assiduidade da frequência – a ação formativa implica, pela sua própria natureza, a presença dos formandos – e do nível de desempenho dos formandos ao longo do curso, num processo de avaliação contínua.

Para mais informações, contactar o Departamento Técnico-Pedagógico – Conceição Cardoso – tlf.: 218855012 • e-mail: ccardoso@cenjor.pt