FINALIDADE

Pretende-se, com este curso, estimular a conceção e execução de projetos fotográficos de autor, que poderão cruzar referências de várias áreas criativas e linguagens artísticas, mas deverão ter a fotografia como ponto de partida.

A organização da formação, em modo não presencial e com uma sequência de sessões mais espaçada, temporalmente, do que o habitual, pretende proporcionar o enquadramento adequado à tutoria ativa do trabalho autónomo a ser desenvolvido pelos/as formandos/as, que inclui a prática fotográfica, a seleção e a edição de imagens, de acordo com o projeto criativo.

No final da ação, os/as formandos/as deverão ter concretizado um projeto experimental/autoral para produção de uma exposição.

DESTINATÁRIOS

Fotógrafos ou profissionais de outras áreas artísticas que se cruzem com a fotografia; estudantes de Fotografia, Audiovisuais, Artes Visuais ou Multimédia que reúnam, cumulativamente, os seguintes pré-requisitos:

– Possuam mais de 200 horas de formação em fotografia ou imagem/multimédia;

– Possuam conhecimentos teórico-práticos de técnica fotográfica / imagem compatíveis com os objetivos do curso;
– Consigam apresentar um portefólio de trabalhos realizados e propostas de projetos de autor, a realizar ou em progresso;

– Possuam equipamento de captação/edição de imagem próprio.

A admissão neste curso está sujeita a entrevista de seleção.

PROGRAMA

75 H

Projeto fotográfico de autor (UFCD 9305 do C.N.Q. – 50 h)
O olhar documental e a prática artística
A imagem como construção
Noção de projeto
Prática fotográfica de acordo com projeto criativo

Projeto experimental (UFCD 9325 do C.N.Q. – 25 h)
Trabalhos nas áreas artísticas
Cruzamento e interseção entre áreas artísticas
Projeto para exposição

OBJETIVOS GERAIS

Concetualizar e produzir um projeto fotográfico de autor.
Criar e apresentar um projeto individual, criativo, desde a conceção até à execução final.
Realizar fotografias de acordo com um projeto experimental/autoral.

TAXA DE FREQUÊNCIA

150 euros

Desconto de 50% para portadores de título profissional de jornalista e para outros profissionais dos média que apresentem declaração da entidade empregadora comprovativa da atividade atual.

Os desempregados beneficiam de isenção da taxa de frequência, para o que deverão apresentar declaração do Centro de Emprego.

METODOLOGIA

A execução do presente plano de formação preconiza uma metodologia predominantemente demonstrativa e ativa. Será utilizado o método participado e colaborativo, através de sessões online síncronas, de sessões assíncronas e da distribuição de material de apoio para a realização de várias tarefas, onde serão privilegiados o método demonstrativo e o trabalho autónomo, com apoio à distância, visando a aquisição de competências por parte dos formandos que permita a autonomia progressiva na generalização dos saberes a novas situações.

AVALIAÇÃO E QUALIFICAÇÃO

A qualificação, atestada por um diploma no final do curso, depende da assiduidade da frequência – a ação formativa implica, pela sua própria natureza, a presença dos formandos – e do nível de desempenho dos formandos durante o curso, num processo de avaliação contínua.

Para mais informações, contactar a secretária do curso – Fátima Gonçalves – tlf.: 218855011 • e-mail: fgoncalves@cenjor.pt