FINALIDADE

A possibilidade de gravar com câmaras fotográficas revolucionou o mundo do vídeo HD. A qualidade garantida pelos seus sensores, maiores do que os utilizados nas câmaras de vídeo tradicionais, e a possibilidade de trabalhar a profundidade de campo abrem novas perspectivas e possibilidades criativas e transformaram a produção audiovisual. Contar histórias por imagens com a qualidade permitida pelas DSLR permitiu o surgimento de uma nova filosofia de captação de imagem e de narrativa audiovisual.
O curso de “Produção de Vídeo com Câmaras DSLR” organiza-se numa ação de Formação Modular Certificada com a duração total de 100 horas, com base em três Unidades de Formação de Curta Duração (UFCD) do Catálogo Nacional de Qualificações (dos Referenciais de Formação de Técnico/a de Fotografia e Técnico/a de Vídeo).
Este é um curso teórico-prático, que visa habilitar os participantes com as competências necessárias para, com autonomia, operarem uma câmara fotográfica DSLR e editarem as imagens captadas para construção de uma narrativa audiovisual, numa perspetiva jornalística e documental.

DESTINATÁRIOS

Candidatos com formação e/ou experiência prévia em Comunicação/Jornalismo, Fotografia ou na área dos Audiovisuais e Produção dos Media, que pretendam desenvolver um percurso de qualificação profissional na produção de vídeo. 

PROGRAMA

Princípios técnicos do audiovisual (UFCD 9364 do C.N.Q. – 25 h)
Imagem em movimento
Percurso da luz, cor e som no audiovisual

Filmagem com câmaras DSLR (UFCD 9324 do C.N.Q. – 25 h)
Câmara DSLR para vídeo
Acessórios
Equipamento de áudio e os seus acessórios
Pós-produção
Projeto videográfico

Pós-produção vídeo digital – iniciação (UFCD 9366 do C.N.Q. – 50 h)
Ferramentas de edição
Técnicas avançadas de edição
Edição e estrutura temporal da narrativa

OBJETIVOS GERAIS

No final do curso, os formandos deverão ser capazes de:
– Dominar a diversidade de planos e movimentos necessários à operação criteriosa de uma câmara fotográfica DSLR para a captação de vídeo HD;
– Identificar a teoria, linguagens e ferramentas da edição vídeo digital, na perspetiva da construção da narrativa audiovisual.

TAXA DE FREQUÊNCIA

200 euros.

Desconto de 50% para portadores de título profissional de jornalista e para outros profissionais dos média que apresentem declaração da entidade empregadora comprovativa da atividade atual.

Desconto de 50% para jovens até ao 24 anos.

Os desempregados beneficiam de isenção da taxa de frequência, para o que deverão apresentar declaração do Centro de Emprego.

METODOLOGIA

A ação preconiza a adoção de métodos ativos, assentes na descoberta e no role-playing, adequados ao envolvimento dos formandos em atividades e tarefas semelhantes às que se efetuam no contexto profissional.
A formação decorrerá em sessões teórico-práticas, em que será utilizado o método expositivo apenas para a transmissão dos conteúdos programáticos e das técnicas básicas e se privilegiarão as práticas experimentais e demonstrativas e a animação dos formandos em sala, em estúdio e no exterior.

AVALIAÇÃO E QUALIFICAÇÃO

A qualificação, atestada por um diploma no final do curso, depende da assiduidade da frequência – a ação formativa implica, pela sua própria natureza, a presença dos formandos – e do nível de desempenho dos formandos ao longo do curso, num processo de avaliação contínua.

Para mais informações, contactar o Departamento Técnico-Pedagógico – Conceição Cardoso – tlf.: 218855012 • e-mail: ccardoso@cenjor.pt