FINALIDADE

Com esta ação pretende-se que os formandos adquiram conhecimentos sobre o processo alternativo – cianotipia.

DESTINATÁRIOS

Pessoas com ou sem formação em fotografia analógica e ou digital.

Todos aqueles que desejem conhecer e enriquecer conhecimentos sobre o processo, procedimentos, métodos e materiais. Adquirindo com este processo competências num suporte criativo à prática artística e complementar à fotografia.

PROGRAMA

16 H

A história do processo.
Procedimentos, métodos e materiais.
Higiene e segurança no laboratório.
A luz.
Positivação por contacto.
A câmara DSLR e o Pinhole.
O laboratório digital – Photoshop

OBJETIVOS GERAIS

Os formandos terminarão o curso, capazes de produzir imagens no processo de cianotipia.

TAXA DE FREQUÊNCIA

Desconto de 50% para portadores de título profissional de jornalista e para outros profissionais dos média que apresentem declaração da entidade empregadora comprovativa da atividade atual.

Os desempregados beneficiam de isenção da taxa de frequência, para o que deverão apresentar declaração do Centro de Emprego.

As taxas aplicáveis a este curso referem-se exclusivamente a inscrições individuais realizadas pelos formandos ou entidades empregadoras para cursos programados na atividade regular no Cenjor, e não se aplicam a cursos à medida. Caso pretenda um orçamento para um curso à medida, contacte-nos.

METODOLOGIA

Método expositivo participado; exercícios práticos e avaliação de resultados.

AVALIAÇÃO E QUALIFICAÇÃO

A qualificação, atestada por um diploma no final do curso, depende da assiduidade da frequência – a ação formativa implica, pela sua própria natureza, a presença dos formandos – e do nível de desempenho dos formandos durante o curso, num processo de avaliação contínua.

Para mais informações, contactar a secretária do curso – Fátima Gonçalves – tlf.: 218855011 (Chamada para a rede fixa nacional) • e-mail: fgoncalves@cenjor.pt