FINALIDADE

Compreender fotograficamente a cidade através da técnica e espontaneidade, em momentos únicos e irrepetíveis. Conferir competências para abordar de forma autêntica e criativa a dinâmica da rua através de estímulos visuais.

DESTINATÁRIOS

Candidatos com formação básica em fotografia.

Destina-se, prioritariamente, a titulares de habilitação superior em qualquer área.

PROGRAMA

25 H

A História do fotojornalismo através do conceito de street photography
Análise conceptual, informativa e estética de ambientes citadinos
Aplicação do “momento decisivo” de Henri Cartier-Bresson
A espontaneidade e autenticidade aliadas à composição
Formas de abordagem para os diferentes cenários que a cidade proporciona
Como fotografar pessoas em ambientes citadinos e a interação com estranhos
As bases dos direitos de imagem e o direito à privacidade
Elaboração de um portfólio

OBJETIVOS GERAIS

No final da ação os formandos deverão ser capazes de conseguir interpretar fotograficamente a cidade através de uma identidade própria, bem como saber interagir de uma forma direta ou indireta com os seus elementos humanos. Deverão igualmente saber aplicar conceitos como “instante decisivo” ou estrutura narrativa.

TAXA DE FREQUÊNCIA

Desconto de 50% para portadores de título profissional de jornalista e para outros profissionais dos média que apresentem declaração da entidade empregadora comprovativa da atividade atual.

Os desempregados beneficiam de isenção da taxa de frequência, para o que deverão apresentar declaração do Centro de Emprego.

As taxas aplicáveis a este curso referem-se exclusivamente a inscrições individuais realizadas pelos formandos ou entidades empregadoras para cursos programados na atividade regular no Cenjor, e não se aplicam a cursos à medida. Caso pretenda um orçamento para um curso à medida, contacte-nos.

METODOLOGIA

O curso decorre em sessões com formação presencial com recurso aos métodos expositivo, demonstrativo e activo, incluindo a realização de vários exercícios práticos no exterior, além da elaboração de um trabalho final.

AVALIAÇÃO E QUALIFICAÇÃO

A qualificação, atestada por um diploma no final do curso, depende da assiduidade da frequência – a ação formativa implica, pela sua própria natureza, a presença dos formandos – e do nível de desempenho dos formandos durante o curso, num processo de avaliação contínua.

Para mais informações, contactar a secretária do curso – Fátima Gonçalves – tlf.: 218855011 (chamada para a rede fixa nacional) • e-mail: fgoncalves@cenjor.pt