FINALIDADE

A modalidade de intervenção VIDA ATIVA, consiste numa resposta de qualificação que visa:

– Proceder ao ajustamento entre os Planos Pessoais de Emprego (PPE) e o potencial e necessidades individuais de cada candidato, para a melhoria da sua empregabilidade;
– Potenciar o regresso ao mercado de trabalho de desempregados, através de uma rápida integração em ações de formação de curta duração, que permitam a aquisição de competências relevantes, ou a valorização das competências já detidas, possibilitando, sempre, a continuidade do percurso de qualificação;

DESTINATÁRIOS

Desempregados, subsidiados ou não, registados nos Centros de Emprego do IEFP, IP, independentemente das habilitações escolares, tendo como prioridade:
– Os subsidiados, inscritos há mais de 6 meses;
– Os pertencentes a agregados familiares em que ambos os membros se encontrem desempregados;
– Os desempregados de agregados monoparentais.

ESTRUTURA CURRICULAR

De forma a responder às necessidades dos candidatos, o plano de formação a desenvolver pelo Cenjor na modalidade VIDA ATIVA organiza-se em ações de formação modular certificada, de curta duração – entre 50 e 300 horas –, com base em Unidades de Formação de Curta Duração (UFCD) do Catálogo Nacional de Qualificações.

 

MultimédiaFotografiaDesenvolvimento Pessoal
Design Editorial e Tratamento de ImagemIniciação à FotografiaComunicação e Plataformas de Apresentação
Produção MultimédiaComposição FotográficaLiderança e Gestão de Equipas
Edição de ImagemFluxo Fotográfico Digital
Edição de SomIluminação Fotográfica
Edição de VídeoLaboratório a Preto e Branco
Sistemas de Gestão de Conteúdos

CERTIFICAÇÃO

A qualificação, atestada por um diploma no final do curso, depende da assiduidade da frequência – a ação formativa implica, pela sua própria natureza, a presença dos formandos – e do nível de desempenho dos formandos ao longo do curso, num processo de avaliação contínua.

REGALIAS SOCIAIS *

Subsídio de transporte.

* Nos termos do despacho normativo n.º 12/2012, que republica o despacho normativo n.º 4-A/2008, de 24 de janeiro, são elegíveis as despesas de transporte por motivo de frequência das ações de formação, em montante equivalente ao custo das viagens realizadas em transporte coletivo (artigo 12.º, n.º 3).

CANDIDATURAS

Os interessados deverão manifestar junto dos respetivos Centros de Emprego a intenção de frequentar as ações integradas nesta modalidade de intervenção, uma vez que serão os CE a proceder ao encaminhamento dos candidatos.
Poderão, ainda, utilizar a ficha de inscrição disponível em Candidaturas.

Para a formalização da inscrição junto do Cenjor deverá ser entregue a declaração do Centro de Emprego comprovativa da situação face ao emprego, bem como o currículo do candidato.

Na seleção dos candidatos, o Cenjor terá em consideração a prévia experiência profissional e/ou formativa nas áreas relacionadas com as temáticas dos cursos.

INFORMAÇÕES

Gabinete de Apoio à Formação – Ana Cristina Vieira, tlf.: 218855004 • e-mail: avieira@cenjor.pt

Secretariado de Formação
– Conceição Cardoso, tlf.: 218855012 • e-mail: ccardoso@cenjor.pt
– Fátima Gonçalves, tlf.: 218855011 • e-mail: fgoncalves@cenjor.pt

Responsável Departamento Técnico-Pedagógico – Helena Rodrigues, tlf.: 218855003 • e-mail: hsilva@cenjor.pt