FINALIDADE

Preparar, gerir, animar e avaliar, eficazmente, ações de formação, na sua área específica de intervenção e refletir sobre os sistemas de formação.

DESTINATÁRIOS

Destina-se a indivíduos que pretendam adquirir as competências pedagógicas necessárias para o exercício da atividade de formador, titulares de uma qualificação de nível superior ou, em componentes, unidades ou módulos de formação orientados para competências de natureza mais operativa, de uma qualificação de nível igual ao nível de saída dos formandos, desde que tenham uma experiência profissional comprovada de, no mínimo, cinco anos.

PROGRAMA

90 H

Formador: Sistema, Contextos e Perfil
Simulação Pedagógica Inicial
Comunicação e Dinamização de Grupos em Formação
Metodologias e Estratégias Pedagógicas
Operacionalização da Formação: do Plano à Ação
Recursos Didáticos e Multimédia
Plataformas Colaborativas e de Aprendizagem
Avaliação da Formação e das Aprendizagens
Simulação Pedagógica Final

OBJETIVOS GERAIS

No final do curso, os formandos deverão saber:
– Distinguir os contextos/sistemas da Formação Profissional em Portugal, as competências exigíveis ao formador e o seu papel nos diversos sistemas em que intervém;
– Fazer uma autoavaliação face ao perfil de competências desejável, conseguindo identificar as suas características pessoais na interação pedagógica;
– Preparar/planificar sessões de ensino/aprendizagem, tendo como ponto de partida as orientações e procedimentos do plano de formação;
– Formular adequadamente os objetivos pedagógicos que irão orientar a atividade formativa.
– Desenvolver e dinamizar sessões de formação, na sua área de atividade, sabendo escolher, conceber e aplicar os métodos e técnicas pedagógicas mais adequadas aos objetivos, aos públicos-alvo e ao contexto da formação;
– Utilizar e conceber de forma adequada os recursos didáticos e multimédia na formação, em suportes diversificados em função da estratégia pedagógica adotada;
– Desenvolver um dispositivo de avaliação das aprendizagens útil à sua prática pedagógica e como parte integrante de um sistema interativo de avaliação da formação;
– Assumir uma relação pedagógica facilitadora dos processos de aprendizagem, adequando-os à especificidade do indivíduo adulto e do grupo em formação;
– Identificar os aspetos a melhorar no seu desempenho como formadores;
– Desenvolver uma análise construtiva que possa contribuir para a melhoria dos sistemas de formação, ao nível técnico-pedagógico e/ou organizacional.

TAXA DE FREQUÊNCIA

270 euros.

METODOLOGIA

Avaliação formativa (contínua) para diagnosticar a forma como o formando acompanha o processo de formação-aprendizagem e avaliação sumativa do módulo, registadas na Ficha de Observação de Participantes por Módulo e na Ficha de Sistematização dos Participantes nas Avaliações Intermédias.
Serão utilizados como instrumentos de avaliação os exercícios/ atividades preconizados na Bateria de Exercícios do Módulo 8 constante do Referencial, incluindo a aplicação de um teste que servirá para aferir os conhecimentos dos formandos sobre a Avaliação.

AVALIAÇÃO E QUALIFICAÇÃO

A qualificação, atestada por um diploma no final do curso, depende da assiduidade da frequência – a ação formativa implica, pela sua própria natureza, a presença dos formandos – e do nível de desempenho dos formandos ao longo do curso, num processo de avaliação contínua.

Para mais informações, contactar Helena Rodrigues da Silva – tlf. geral: 218855000 / direto: 218855003 • e-mail: hsilva@cenjor.pt

DURAÇÃO

90h

TAXA DE FREQUÊNCIA

270€