Finalidade

Reconhecer as potencialidades da voz, no sentido de melhorar o seu efeito e conseguir uma comunicação mais eficaz.

Destinatários

Pessoas que utilizam a voz como um dos seus instrumentos de trabalho – locutores, repórteres, pivots de televisão, apresentadores, professores, advogados, etc. – e também a todas as que, independentemente da sua actividade profissional, pretendem tirar o maior e o melhor efeito da sua voz.

Programa

30 H

A voz e o corpo. Sistema fonador e caixas de ressonância. Vibrações do som.
Barreiras à comunicação oral.
Desinibição e descontração. Postura corporal.
Libertação do som. A respiração (fases e ritmos).
A importância da respiração diafragmática.
Inimigos e obstáculos a uma voz natural.
Colocação e projeção da voz. A gestão do ar; as pausas.
A linguagem gestual como reforço da expressão oral.
A expressividade da fala. Do ler ao dizer. Do dizer ao conversar.
Animação dos formandos em sala. Exercícios de desinibição, de descontração e de fonação.
Gravação e análise de desempenhos.

Objetivos Gerais

No final do curso, os formandos estarão aptos a:
• Reconhecer as potencialidades da voz;
• Saber identificar e distinguir as barreiras mentais e físicas que se opõem à eficácia do discurso oral;
• Distinguir a expressividade da fala;
• Ter aperfeiçoado as técnicas da respiração diafragmática/abdominal;
• Demonstrar uma postura natural de comunicação..

Taxa de Frequência

100 euros.

Desconto de 50% para portadores de título profissional de jornalista e para outros profissionais dos média que apresentem declaração da entidade empregadora comprovativa da atividade atual. Os desempregados beneficiam de isenção da taxa de frequência, para o que deverão apresentar declaração do Centro de Emprego.

Metodologia

Metodologia essencialmente activa e de descoberta, no contexto da qual será proposto aos participantes um plano de exercícios que abrange as seguintes áreas:
Relaxamento; Respiração; Suavizar Ataque Glotal; Ressoadores; Intensidade e Tonalidade; Coordenação Pneumo-Fono Articulatória; Projeção Oral e Automatização.

Avaliação e Qualificação

A qualificação, atestada por um diploma no final do curso, depende da assiduidade da frequência – a ação formativa implica, pela sua própria natureza, a presença dos formandos – e do nível de desempenho dos formandos ao longo do curso, num processo de avaliação contínua.

Ficha de inscrição disponível em Candidaturas.

Para mais informações, contactar Ana Cristina Vieira – tlf.: 218855004 • e-mail: avieira@cenjor.pt

Contacte-nos

Se tiver alguma dúvida relativamente ao Cenjor, use o seguinte formulário de contacto.

Digite algo e clique enter